SETEMBRO DOURADO: Câncer Infantojuvenil

No mês de setembro, acontece a campanha Setembro Dourado, que busca conscientizar a população a respeito do câncer infantojuvenil e alertar a respeito dos benefícios do diagnóstico precoce, que proporciona as chances de cura em até 80% dos pacientes em centros especializados.

 

O câncer infantil é aquele que acontece desde o nascimento até os 14 anos de idade. Já o câncer juvenil é considerado a partir dos 15 anos, com variações do limite superior que variam entre instituições, oscilando entre 19 e 21 anos.

 

“Os sinais do câncer infantojuvenil normalmente são imprecisos e comuns a doenças muito mais frequentes na pediatria. Em uma primeira consulta, nem sempre o pediatra tem dados clínicos para pensar em doença de tamanha gravidade. Por isso, o recomendado é que, caso os sintomas persistam, a criança retorne ao médico”, explicou a oncologista pediatra do Hospital Estadual Infantil Nossa Senhora da Glória (HINSG), Gláucia Zouain.




E lembre-se: o apoio a criança e a felicidade neste momento podem ser uma ajuda em todo processo de tratamento. A humanização é parte essencial, e projetos de risoterapia, como o Big Riso, visam essa melhora e esquecimento da doença por alguns instantes.

Sobre a humanização você conferir nesta entrevista com o Dr.Jairo Cartum, professor responsável pela Oncologia Pediátrica da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC).